Wednesday, November 3, 2010

Era transparente... diziam eles


"As pessoas diziam que ela era transparente. Não aquela transparência que nos remete para o invisível, mas aquela transparência que nos coloca a alma a nu. Julgavam conhecer o seu interior, a matéria de que era feita e ela apenas sorria. Oh que ingénuos todos eram. Não se apercebiam que debaixo daquela capa de uma transparência fina e ténue se escondia mais, muito mais. Segredos nunca revelados, desejos enraizados na alma, pudores nunca confessados. Se ela era transparente, os outros eram cegos, ou não quereriam ver que por debaixo daquele sorriso franco e espontâneo se escondia alguém dorido, magoado, fechado. Era tão fácil esconder as mágoas por detrás dos seus olhos grandes e castanhos, do seu sorriso rasgado, da sua alegria contagiante. Sentia-se um actriz num palco, recebendo os aplausos, os afagos que lhe dedicavam. Mas lá no silêncio da sua vida, quando despia a capa que adoptara, era só ela. Sózinha no seu mundo. Então aí sim era completamente transparente, já não tinha à sua frente o palco onde fingia ser uma pessoa que na realidade não era. Era transparente diziam eles, e não podiam estar mais enganados. Apenas mostramos aquilo que queremos verdadeiramente mostrar, e os outros eram tão fáceis de enganar..."

Autoria: Lcarmo (Bela)
Desafio Fábrica de Letras
Tema: TRANSPARÊNCIA



42 comments:

BS of Life said...

Sim, é verdade. As pessoas mais especiais nunca se revelam por completo.
Adorei. :)

anf said...

Muito giro,
faz-nos pensar.
bjo

Manuela said...

Querida Bela, para quando a publicação dos teus textos? Quero ser convidada para a apresentação ;)
Beijinhos

Natália Augusto said...

Olá Bela
Olá Poetic Girl

Adorei o teu texto, como sempre. Revi-me nas tuas palavras. Sou como a tua personagem. Uma que aparentemente é transparente e outra que é triste, só e angustiada desde criança.

Parabéns pela tua participação.

Beijinhos

Vera, a Loira said...

Gostei muito. Adoro a maneira como escreves.

Pedrasnuas said...

POR MAIS FRANCA QUE UMA PESSOA SEJA, NUNCA SE REVELA A 100% E SERIA DOIDA SE O FIZESSE. TEMOS DIEITO À NOSSA PRIVACIDADE...

BJS

PauloMitchell said...

Adorei a maneira como escreveste este pequeno texto.

Gostei mesmo. Beijo *

Lala said...

Adorei!! Fez-me lembrar uma peça de teatro amador a que assisti há uns 2 anos. Muito simples. Era "O Palco da Vida" e mostrava os vários papéis que as pessoas representavam dependendo das situações que encaravam. Revi-me em algumas na peça. Aqui também consegui fazê-lo.
Muito bem escrito. Parabéns!
Beijinhos**

Johnny said...

Foi graças a ela que alguém inventou o adágio "As aparências iludem".

É bem verdade que (às vezes) a transparência esconde muita densidade.

Sandra said...

A transparência de nossos ideias é tudo de bom.
O amor a vida tem que ser vivida assim...Simplesmente com as transparências de nossas açoes.
Estamos aqui. http://sandrarandrade7.blogspot.com/2010/11/trnsparencia-dos-sentimentos.html
Carinhosamente,
Sandra

A.Menina said...

Adorei adorei adorei!

Pérola Negra said...

Gostei imenso! A tua escrita tem a mesma característica da personagem do teu texto... Tem sempre muito mais para além do que se vê! Um beijo grande

Tulipa Negra said...

Será possível conhecermos verdadeiramente alguém? Parece que não, há sempre algo mais que não se vê. Parabéns por (mais) um belo texto.
Beijinhos

MZ said...

Os segredos guardados acabam por fazer parte da solidão da tua personagem. Uma solidão que ela escolheu viver com o direito da sua privacidade.


bjs

Poetic GIRL said...

BS: Acho que este conto tem muito de autobiográfico! bjs

Poetic GIRL said...

ANF: ainda bem, tudo o que nos faz pensar é bom! bjs

Poetic GIRL said...

Manuela: Seria o meu maior sonho, se se realizar terei muito gosto em te ter lá! bjs

Poetic GIRL said...

Natália: Acho que todos encerramos uma dualidade dentro de nós, não serei tão diferente assim! bjs

Poetic GIRL said...

Vera: obrigada! fico feliz que gostes! bjs

Poetic GIRL said...

Pedras: E não é que é mesmo? há coisas que guardamos apenas para nós. bjs

Poetic GIRL said...

Paulo: Ainda bem que gostas-te! bjs

Poetic GIRL said...

Lala: Não seremos todos um pouco actores e actrizes? dá que pensar não é? bjs

Poetic GIRL said...

Johnny; Sim somos muito mais do que mostramos acredita, bjs

Poetic GIRL said...

A. Menina: Obrigada! bjs

Poetic GIRL said...

Pérola: Tu já consegues ver para além das minhas palavras, já me conheces! bjs

Poetic GIRL said...

Tulipa: Este texto é mesmo sobre isso, que nunca vamos conhecer totalmente o outro, há sempre coisas a descobrir! bjs

Poetic GIRL said...

MZ: a escolha será sempre dela! bjs

caminhante said...

todos, quer queiramos ou não, usamos uma máscara. a vida encarrega-se de a moldar na nossa face...

adorei...

Fê-blue bird said...

Ora aqui está uma transparência velada, existem tantas por aí.
Gostei bastante deste teu texto.

Beijinhos

PauloMitchell said...

Mas devíamos poder escolher quem amar. Beijo *

Fernanda said...

Olá Poetic Girl!

Estava à espera de encontrar textos em Inglês :)
Não a sério! Mas não estou desiludida, on the contrary!

Acredito que todos nós somos um pouco como a personagem desta história.
Transparentes mas sempre a tentar esconder as nossas mágoas, desilusões, traumas... o lado lunar, como lhe chama Rui Veloso.

Adorei.
Vou voltar
Beijinhos

Andrea Pacheco said...

Que beleza de texto! Escreves muito bem. Dá pra refletir. Parabéns!!!!

PauloMitchell said...

Escrevemos tanto para alguém que nunca vai ler. De loucos não? Beijo *

Cherry Blossom Girl said...

Realmente, como é fácil enganar... Acho que anda o mundo inteiro disfarçado, e mostramos apenas aquilo que nos convém, porque se mostramos demais... aí passam-nos por cima e isso não devemos admitir!!

PauloMitchell said...

Muito, mas mesmo muito obrigado *

*flor* said...

Acho que nunca chegaremos a conhecer ninguém 'transparente', todos nos pintamos das cores que gostamos e existem umas mais agradáveis à vista do que outras. :)

beijinho**

Larissa Lorena said...

Não se sabe até onde vai sua transparência.

Sairaf said...

Que palavras tão enriquecedoras!!
Fiquei a pensar em tantas coisas que me aconteceram e que nunca tive coragem de revelar por medo, por vergonha sei lá, guardei-as para mim como se de um tesouro se tratasse!!!
Adorei
Obrigado
Com carinho
Sairaf

Rita Norte said...

Que texto lindo, adorei. Que escrita fantástica :D

BS of Life said...

Olá olá. Por vários motivos, alterei o endereço do meu blog. Agora é http://bsoflife.blogspot.com/, se quiseres alterar na tua lista. Beijocas.

Seu Orkut 100 said...

Eu adoro este blog. Eu o encontrei a pouco tempo e só tenho que parabenizá-los por tudo de bom que nos proporciona com esta leitura! Vou vir aqui sempre! Beijo e adorei este!

Ariel M. Suchodolak said...

Que texto maravilhoso. Amei seu blog, tudo de muita boa qualidade, *_*