Monday, June 14, 2010

Podia ser o começo de uma história

"Naquele estado permanente de insónia, senta-se no parapeito e fica à escuta. A sua mente vagueia sem destino, inevitavelmente recaíndo sempre no autor daqueles sons dispersos na noite. Quem seria? Como seria? Seriam seus dedos longos? Estremeceu ao imaginar as mãos que tocariam neste momento as teclas do piano, acariciando-as, fazendo-as gemer ao passar do seu toque. Só poderia estar louca em imaginar cenários "sensuais" com alguém que nunca vira. O silêncio da noite constrastava com os acordes que ouvia. Havia algo de sedutor na forma como a música invadia seus ouvidos. Ficavam assim horas, ele a tocar, ela a escutar. E quanto finalmente ele dava por terminado a sessão musical, ela continuava sentada na sua janela, a música ainda ecoando em seus ouvidos..."

Autoria: Lcarmo (Bela)


Continuação da história do Blog da Patti, Ares da Minha Graça

5 comments:

Meio Cheio said...

E que belo começo que seria...eu lia toda a historia!! Certinho =)

(o teu espacinho está tão fofo com esta reforma!)
Beijo*

Poetic GIRL said...

Meio Cheio: Obrigada, quem sabe não dará mesmo uma história? Já te contei que adoro contar histórias? Obrigada, quis que ficasse mais leve, mais organizado! bjs

Ava said...

Que belo inicio Bela, imagino a continuação. Adoro a forma como escreves, como transmites emoções, que bem me senti sentada naquele parapeito e que bela melodia ouvi.
Simplesmente adorável.

Beijinhos doces, Ava.

Poetic GIRL said...

Ava: Obrigada és uma querida! Pode ser que me inspire para a continuar! bjs

Brown Eyes said...

Nasceste para dfescrever o amor com toda a sua sensualidade. Parabens. Beijinhos